Como Fábio pode ganhar R$ 3 milhões com uma simples decisão




Então Brazucada, olha que situação interessante...

Recebi o seguinte e-mail de Fábio:

“Olá Wagner, tudo bem? Meu nome é Fábio e acabo de passar em um concurso público em Brasília – DF. Gostei de suas comparações e quero sugerir que você compare o aluguel e o financiamento do imóvel, estou em dúvida em qual opção tomar."


Pedi mais informações ao Fábio, sobre qual o valor que ele teria para financiar e qual o valor do imóvel.

Ele respondeu que tem 50% do valor para entrada de um imóvel até 1 milhão, pois acaba de vender seu imóvel em outra cidade.

Ou seja, ele está em dúvida entre financiar um apartamento de 1 milhão de reais, dando 500 mil de entrada ou alugar o mesmo apartamento.

É um imóvel na ASA NORTE de 3 quartos e 100 m2 com um condomínio de valor baixo (não sei se serve Fábio, mas já vale a comparação) e me pareceu bom.

O aluguel desse imóvel é R$ 3.200 e ele está sendo vendido por 1 milhão de reais. Ou seja, 0,32% do valor do imóvel.



Hoje, o pior investimento (poupança) está dando em torno de 0,7% ao mês de rendimento. Então, se o Fábio colocar os R$ 500 mil de entrada na poupança, ele terá cerca de R$ 3.500 (paga o aluguel e sobra um din din pro condomínio)
.
Existem outros investimentos melhores (como tesouro direto e LCI) que é possível ter rendimentos líquidos de 0,9% ou 1%. Vou colocar 0,9% só por segurança, isso daria R$ 4.500, ou seja, dá para pagar o aluguel, condomínio, IPTU e ficar ainda sem dívida.




E a valorização do imóvel?



O FIPE ZAP fez um estudo bem interessante sobre a valorização dos imóveis em São Paulo. Em 40 anos os imóveis valorizaram 103%,  isso já contando com o BOOM que teve nos últimos anos,

Qual o motivo?

Durante vários períodos de recessão, como o que estamos vivendo, os imóveis desvalorizaram. Quer ver?




Se você observar, antes de 2004, quem comprou um imóvel em 1975 financiado, teria pago todas as prestações e ainda teria um imóvel valendo menos que o preço original. Isso, não sou eu quem está falando, é o FIPE ZAP!!

Agora eu pergunto,  depois de valorizar 192%, juntando com recessão e inflação, qual a tendência que você acha no mercado imobiliário brasileiro?

Não acreditou? Olhe a reportagem:  

Mas, vamos imaginar que o Fábio, acredita que teremos valorização de 103% nos imóveis nos próximos 35 anos e resolve financiar os 500 mil que faltam. Vamos ver como ficaria?




Aí você pensa,

Tá bom né?

Ele comprou por 1 milhão, hoje (hoje é 2.050... só para avisar)  vale 2 milhões (103% de valorização) e ele pagou R$ 1.923. Tá ótimo?

NÃO!!!

Quer saber o motivo?

Vou fazer uma continha simples.

Como vimos, os rendimentos dos 500 mil de  Fábio atualmente pagam o valor do aluguel e ainda sobra 1200, vamos deixar esse valor como a correção inflacionária do aluguel e vamos trabalhar apenas com o valor da prestação do financiamento

Como ele não terá que pagar a prestação da casa, então, em seu orçamento sobra o valor da prestação, que o inicial é  R$ 5.488,36

Investindo todas as prestações em em 420 meses (o tempo do financiamento), ao final Fábio terá um capital acumulado de 17 milhões. Como acredito que em um universo de 35 anos, as taxas de rendimentos cairão, coloquei uma taxa internacional razoável de retorno de investimento, para 5,5% ao ano, o que  deu aproximadamente 5 milhões. Ou seja, com uma boa segurança, Fábio conseguirá morar no mesmo imóvel e ainda aumentar seu patrimônio em 3 milhões.



Detalhe, durante todo esse período, Fábio conseguiu morar no belo apartamento e ainda teve a facilidade de se mudar para outra cidade, outro bairro da cidade etc.

Fábio, meu conselho:



Alugue agora, e refaça esses cálculos quando o mercado imobiliário estiver mais estabilizado.

Ao que você deve estar atento:

1) O imóvel pode desvalorizar 60%, como costuma ocorrer no mercado brasileiro, ou seja, neste caso, em vez de 2 milhões, o imóvel valerá 400 mil os ganhos seriam de 4,6 milhões. Caso haja uma drástica desvalorização no valor real dos imóveis, refaça as contas, talvez seja interessante financiar.

2) O aluguel poderá ter correções superiores ao rendimento (o que eu acho difícil), mas por isso, recomendo que  utilize aplicações com correção da inflação (IPCA + alguma coisa). Caso os valores dos alugueis aumentem em valores próximos a 1% do valor do imóvel, refaça as contas e veja novamente a situação.

3) As análises feitas aqui foram puramente financeiras e sem levar em conta o "sonho" de ter um imóvel, como os sonhos não são facilmente mensuráveis, o que você deve medir então é o quanto você está disposto a sacrificar por ele. No caso acima, ceteris paribus, seu sacrifício provavelmente seria de R$ 3 milhões.

não se esqueça de curtir nossa Fan Page: https://www.facebook.com/estamosricos.blogspot






Continuamos ricos, mesmo com o dólar a R$ 4!!

Bom dia nobre brazuca,

Hoje, vou fazer mais uma comparação de CASAS, já que são as favoritas da galera!! Estava esperando o dólar estabilizar-se para ver se continuamos ricos, mas, desisti... acho que essa porqueira não tem limite..então... resolvi comparar mais uma casinha gringa, mesmo com o dólar a R$ 4 (será que chega 5? quem tem coragem de apostar?).

Pois bem, meu critério foi: cidades populosas e casas que ficam cerca de 20 minutos dos principais pontos turísticos da região.

A casa gringa escolhida foi em Chicago, e ela fica a 20 minutos da Sears Tower, um dos principais pontos turísticos da cidade.

Antes de continuar, vou passar um dado importante: o salário médio em Chicago é US$ 3.541 mensais, o que hoje daria cerca de R$ 14.000.

As 2 casas que veremos hoje custam US$ 200 mil (ou R$ 800 mil reais), então, um trabalhador gringo conseguiria pagar essa casa com 4 anos e 8 meses de salário.

Vamos à casa?

É uma bela casa em uma rua arborizada, com 4 quatros e 4 banheiros, quer ver?















E aí? Gostou?

Dá uma olhada no link de vendas: http://www.zillow.com/homes/for_sale/Chicago-IL/house_type/2101543345_zpid/17426_rid/200000-200000_price/739-739_mp/42.099751,-86.916275,41.589256,-88.256607_rect/9_zm/1_fr/

E, para provar que depois de tanta lambança continuamos ricos, resolvi comparar um imóvel no nobre bairro do Méier no Rio de Janeiro, QUE CUSTA O MESMO QUE O GRINGO COM O DÓLAR A R$ 4 - (R$ 800 mil) que também fica cerca de 20 minutos do Pão de Açúcar (sem trânsito).

Agora, um dado para os paulistas invejarem, o Rio de Janeiro lidera a renda brasileira, ou seja, estamos tratando de um imóvel em um estado que, em termos de renda média, é o mais rico do país. A renda média no Rio é R$ 2.346, segundo o IBGE (a de Chicago é 14 mil, só para lembrar).

Então...

Um trabalhador carioca precisaria de 28 anos de trabalho para comprar o imóvel que veremos ( o trabalhador gringo precisa menos de 5). Então, dá para perceber que o público alvo desse imóvel são grandes empresários, pessoas com uma boa herança, gente de grana mesmo!

Preparados para ver a belezura?











Uma barbada não?? 

Você não está acreditando? Olha então direto no site de vendas: http://www.imovelweb.com.br/propriedades/casa-a-venda-meier-rio-de-janeiro-1001026015.html


Então meu povo, concluo que depois de tanta doideira em nossa economia, depois de tanta roubalheira em nossa política... CONTINUAMOS RICOS!!

se você tiver outras comparações, mande aí para: estamosricos.blogspot@gmail.com
E não se esqueça de curtir nossa Fan Page: https://www.facebook.com/estamosricos.blogspot



A Festa Pobre




Em poucos meses estamos vendo nossa riqueza, nossa nobreza e nossa predestinação à liderança mundial irem ralo abaixo.

Nossos imóveis perdendo valor, nossos salários congelando, quando não zerando através das demissões; nossos negócios perdendo clientes, fornecedores e possibilidade de financiamento. Mas, o pior de tudo, nossos sonhos sendo aniquilados ou postergados pela situação conjuntural.

A festa acabou e, estranhamente, a conta foi enviada aos convidados. Aqueles que conseguiram curtir e se esbaldar no começo da festa, hoje, talvez ainda consigam dizer que ela foi boa. Mas, aqueles que até comeram um pouquinho, mas quando chegou a conta se apavoraram com o valor, não estão nada satisfeitos.


De quem é a culpa? Do PT? Da crise? Da copa? Das eleições? Do sistema político? Do Petrolão? Da política anticíclica? Dos empréstimos do BNDES?

Culpados não faltam, e, sinceramente, os desastres que produziram chegam a ser absurdos. Mas, o que faremos a partir de agora? Seremos vítimas passivas de uma conjuntura corrupta e sem escrúpulos? Ou assumiremos nossa verdadeira cidadania exigindo uma reforma em nossas principais bases, reforçando o papel de nossas instituições e criando freios para nossos poderes?

Não podemos ser vítimas passivas de uma política corrupta e desastrosa, de uma economia de oportunismo e de um projeto de perpetuação de uma ou outra ideologia. O que está em jogo não é a visão simplista e reducionista de nossos políticos e líderes, não são cargos, não são ministérios, não são partidos: são sonhos, são projetos, são vidas que querem viver plenamente.

A resposta é o impeachment? sinceramente? Você acha que os partidos de oposição são diferentes? Parece que nosso povo se esqueceu das privatizações a preço de banana, dilapidando o patrimônio público, da visão que destruiu nossa economia na década de 90 e acabou com vários países (a Argentina nunca mais se reergueu). No período dos partidos de oposição, TODAS as agências de classificação de risco avaliavam o Brasil como ALTAMENTE ESPECULATIVO (acabamos de perder o grau de investimento pela S&P mas ainda estamos longe do altamente especulativo), a economia era um caos, ou vocês acham que o Lula se elegeu pela sua simpatia e sua Barba?? Claro que não, a oposição também fez porqueira, pois também utilizou da velha tática patrimonialista e primitiva (cargos, favores, financiamento por empresas que exigiram futuramente o retorno).


Está na hora de renovarmos os partidos, está na hora de surgirem lideranças honestas e imparciais, que não se corrompam e não entrem no joguinho do foi sempre assim. Está na hora do surgimento de partidos realmente comprometidos com o bem estar dos cidadãos e que não financiem campanha com dinheiro de empresas, mas sim de pessoas que não querem proveito, apenas acreditam no sonho do partido.

O dia que nossos líderes substituírem seus desejos mesquinhos, pessoais e reducionistas por sonhos... talvez nosso país consiga sair desse ralo que nos colocamos e todos volteremos a sonhar... Quando será? Espero que logo, depende de você e de mim!


se você tiver outras comparações, mande aí para: estamosricos.blogspot@gmail.com
E não se esqueça de curtir nossa Fan Page: https://www.facebook.com/estamosricos.blogspot


Continuamos ricos??


Grande Brazucada!

Hoje, teremos mais uma comparação de CASAS para alegria da galera. (chego a ouvir o povo gritando ehhhhhhhhhhh!!) kkk

Bem, todos sabem sobre o momento maravilhoso do mercado imobiliário brasileiro #sqn (não vou me exibir e dizer eu avisei, mas avisei :P): restrição do crédito, juros maiores, aumento de estoque, perda de valor das construtoras na bolsa, demissão em massa no setor da construção civil, imobiliárias fechando as portas... bem, sinceramente, gostaria de dar boas notícias, mas, a ganância do setor foi tão absurda, que, acredito que estão colhendo os frutos.

Então, resolvi testar, depois de algum tempo, como anda o preço e qualidade de nossos imóveis quando comparado ao exterior, afinal, desde que comecei esse blog o dólar praticamente dobrou. Pensei eu, em minha inocência, agora os ajustes foram feitos e, provavelmente conseguirei encontrar aqui imóveis com preço e qualidade similares aos EUA, será?

Para cobrir os 2 países de ponta a ponta, resolvi escolher 2 estados nos Extremos. Na Gringolândia escolhi Minnesota (norte) e Texas (sul) e, por nossas terras, escolhi o Amapá (norte, pra quem não sabe) e Rio Grande do Sul (acho que o nome já explicou para os desprovidos de conhecimento geográfico, né?).

Para a comparação ficar interessante, coloquei um orçamento de R$ 400 mil (com o dólar a R$ 3,35).

Vamos começar pela Terra do Tio Sam?

Minnesota

No extremo norte da terra do Tio Sam, na cidade de Winona (10 km da Capital), encontramos essa casinha. São 220 m2, 3 quartos em um local aconchegante, querem ver?















Quer a famosa passeadinha na vizinhança?



Texas

Já no sul da Gringolândia, no Texas, resolvemos procurar algo também interessante por R$ 400 mil na cidade de El Paso, Querem dar uma olhada?









Como vocês percebem, é um imóvel de construtora, tudo novinho, são belos 3 quartos pronto para morar.

E por aqui? O que será que eu encontro por R$ 400 mil?

Amapá

No norte do Brasil, no Amapá, pelos mesmos 400 mil que você compra as 2 casas acima, encontramos essa preciosidade, mas corra, o dono já baixo 100 mil reais!








Rio Grande do Sul

E finalmente (é no final do mapa mesmo), na cidade de Canoas, no bairro de Niterói, pelos mesmos R$ 400 mil você encontra esse lindo imóvel: 









Então, nobre brazuquinha, eu te pergunto: continuamos ricos??

se você tiver outras comparações, mande aí para: estamosricos.blogspot@gmail.com
E não se esqueça de curtir nossa Fan Page: https://www.facebook.com/estamosricos.blogspot

Fontes:

http://www.zillow.com/homedetails/156-E-6th-St-Winona-MN-55987/102949389_zpid/
http://www.zillow.com/homedetails/508-Firstwood-Pl-B-El-Paso-TX-79905/2110138655_zpid/

Macapá - http://ap.olx.com.br/amapa/imoveis/casa-na-av-fab-73926384

Canoas - http://rs.olx.com.br/regioes-de-porto-alegre-torres-e-santa-cruz-do-sul/imoveis/sobrado-03-dormitorios-bairro-niteroi-canoas-83455407